Quando Tinhamos Verbos – Frases Citacoes E Pensamentos De Eca De Queiros <p>Eca De Queiroz 1845-1900</p>

Record
Matriz – Centro
2000

R$11,25

Limpar

Descrição

José Maria de Eça de Queirós é considerado um dos maiores nomes da literatura portuguesa de todos os tempos e o principal autor realista lusitano do século XIX. Sua vida, repleta de histórias, daria um belo romance. Principalmente pelo protagonista sagaz, autor de tiradas dignas de nota. Para resgatar sua memória e registrar seu pensamento, Marcello Rollemberg selecionou e compilou, em Quando tínhamos verbos, o que há de melhor no falar de Eça. Para compor este volume de declarações e máximas, o organizador fez rigorosa seleção a partir de livros e cartas escritos por Eça. Opiniões e sentimentos sobre morte, amor, desejo, política, artes, literatura. Praticamente de tudo pode ser achado neste livro. Os pensamentos que Eça de Queirós colecionou ao longo de uma vida que foi tudo, menos tediosa. Mesmo que o próprio teimasse em dizer que não tinha história, como uma república do vale de Andorra. Ou talvez até por causa disso mesmo, lançando uma certa cortina de fumaça em uma biografia instigante. Marcello Rollemberg escolheu a dedo as melhores citações de Eça e apresenta um livro que pode ser lido conforme o gosto do leitor: de trás para a frente, salteado ou seguindo a ordem das páginas. O que importa é que ali Rollemberg descortina, vagarosamente, um pouco do perfil desse gênio da literatura lusitana. Eça de Queirós foi filho de mãe solteira e nasceu no dia 25 de novembro de 1845 em Póvoa de Varzim, no Interior de Portugal. Foi lá que a jovem Carolina Augusta Pereira de Eça, então com 19 anos, se refugiou para dar à luz a seu primeiro filho com o jovem advogado José Maria de Almeida Teixeira de Queirós, seis anos mais velho. A partir daí, começam os dados pouco esclarecidos da vida do escritor. Seus pais, de família tradicional, viriam a se casar quatro anos depois, mas Eça nunca viveu com eles ou com seus cinco irmãos mais novos. Muito da personalidade e do olhar irônico, por vezes mordaz, que Eça deitou sobre a sociedade portuguesa em seu[…]
Mais informações? Solicite no formulário de mais informações do produto.

Solicite mais informações sobre o produto

Informação adicional

Peso 236 g
Dimensões 16 × 11 cm
Título

Autor

Assunto

Código

Editora

Ano

ISBN

Qtd. Páginas